CONFERENCIA DE ESTOCOLMO -  5 de junho 1972-2002 

DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE

A escolha do dia 05 de junho foi realizada pela ONU a fim de relembrar e comemorar a CONFERENCIA DE ESTOCOLMO de 1972, que marcou um “hito” dentro da historia do MEIO AMBIENTE e especialmente dentro da EDUCAÇÃO AMBIENTAL.

  A partir de Conferencia de Tbilissi, em 1977 acordou-se em chamar de atitude o ensino da Educação Ambiental.

  A EDUCAÇÃO AMBIENTAL pretende assim ser uma atitude e não tão somente uma política, um programa rígido de ensino como seria o caso das outras disciplinas. O MEC através dos Parâmetros Curriculares (1996) estabelece que este tema seja ministrado tão somente de forma transversal, ou seja, integrada à grade curricular.  

O ensino em separado da Educação Ambiental é permitido, oficialmente, tão somente a partir dos cursos de pós-graduação, evitando assim a fragmentação conceitual.

Os temas transversais instituídos também oficialmente a partir de 1996, compreendem entre outros MEIO AMBIENTE, SAÚDE, ÉTICA, PLURALIDADE CULTURAL, ORIENTAÇÃO SEXUAL e TEMAS LOCAIS.

 

Como arquitetos e cidadãos que somos do Planeta Terra, temos por obrigação pautar cada um dos nossos atos segundo os princípios da ética ambiental. Fritjof Capra, diferencia claramente o que seja ECOLOGIA E MEIO AMBIENTE, e assim define à ÉTICA AMBIENTAL como sendo o elemento diferenciador.

O MEIO AMBIENTE, genericamente falando, atende diversos interesses, a ecologia tendo base cientifica, somente pode ser eticamente correta. Este fato faz parte do nosso cotidiano: recursos hídricos contaminados, gases expelidos de forma indevida nas grandes metrópoles, em fim, as transgressões são varias e não vem ao caso enumera-las. 

          Existe atualmente uma discussão bastante profunda com relação ao termo desenvolvimento sustentável e auto-sustentável x eco-desenvolvimento, ha uma tendência atual dando preferência ao termo eco-desenvolvimento evitando assim que se confunda com a teoria neo-liberal x globalização que acusa as populações mais pobres do Planeta pela degradação Ambiental. Dentre os defensores destaca-se Ignacy Sachs. 

EEntendemos que a homenagem seria incompleta se não fosse também abordado nesta oportunidade o conceito: CIDADANIA PLANETÁRIA, que tem em Edgar Morin um dos mais completos defensores junto com Leonardo Boff, Moacir Gadotti, Henry Levi, entre outros.

 Para encerrar esta pequena homenagem ao DIA MUNDIAL DO MÉDIO AMBIENTE achamos oportuna a lembrança de quem foi e será um símbolo da liberdade planetária desde a década do 70: John Lennon, nunca é demais cantarolar a tão conhecida IMAGINE, cuja letra transcrevemos a seguir, e que entendemos seja seguramente o manifesto popular mais divulgado no PLANETA TERRA, nosso planeta.

 

Imagine
John Lennon

Imagine there's no heaven,
It's easy if you try,
No hell below us,
Above us only sky,
Imagine all the people
living for today...

Imagine there's no countries,
It isnt hard to do,
Nothing to kill or die for,
No religion too,
Imagine all the people
living life in peace...

Imagine no possessions,
I wonder if you can,
No need for greed or hunger,
A brotherhood of men,
imagine all the people
Sharing all the world...

You may say I'm a dreamer,
but Im not the only one,
I hope some day you'll join us,
And the world will live as one

Imagine
John Lennon

Imagine que não exista nenhum paraíso,
É fácil se você tentar.
Nenhum inferno abaixo de nós,
Sobre nós apenas o firmamento.
Imagine todas as pessoas
Vivendo pelo hoje...

Imagine que não exista nenhum país,
Não é difícil de fazer.
Nada porque matar ou porque morrer,
Nenhuma religião também.
Imagine todas as pessoas
Vivendo a vida em paz...

Imagine nenhuma propriedade,
Eu me pergunto se você consegue.
Nenhuma necessidade de ganância ou fome,
Uma fraternidade de homens.
Imagine todas as pessoas
Compartilhando o mundo todo.

Você talvez diga que sou um sonhador,
Mas eu não o único.
Eu espero que algum dia você junte-se a nós,
E o mundo viverá como um único.

  FONTE: http://orion.spaceports.com/~mmp/letras/Imagine.html